TRANSTORNO BIPOLAR I Alguns indicativos

12/04/2021

Transtorno Bipolar é um problema crônico e limitante na vida das pessoas, ocupando o sexto lugar na lista das maiores causas de incapacitação mundial.

O momento de Pandemia que estamos vivendo é propício para ampliar o nosso olhar para essa questão de transtorno bipolar que acomete cerca de 60 milhões de pessoas.

Entre os desafios do TB (transtorno bipolar) está a identificação correta da doença, pois os sintomas são os mesmos que os transtornos depressivos e confunde o diagnóstico.

O diagnóstico tardio traz prejuízos imensuráveis.

Um estudo realizado no Brasil indicou que pacientes não tratados adequadamente apresentam uma taxa maior de ciclagem, ansiedade e menores níveis de remissão da doença. Outros estudos encontraram no estágio avançado da doença, aumento de taxas de suicídio.

Realizar um diagnóstico de forma efetiva com um bom profissional é fundamental para ampliar as competências socioemocionais das pessoas acometidas pelo transtorno bipolar. Existem instrumentos de avaliação de TB validados para uso no Brasil.

Para ampliar a nossa escuta ativa e conhecimento sobre o tema, vou citar alguns possíveis sintomas. É importante lembrar que em casos de Transtorno Bipolar a autoavaliação é comprometida, pela percepção alterada do estado clínico.

Alguns indicativos de transtorno bipolar:

- Variação de humor em eventos do dia-a-dia;

- Mudanças bruscas no comportamento;

- Atitudes e pensamentos pessimistas

- histórico familiar de transtornos de humor;

- idade de início precoce (antes de 20 anos);

- maior número de recorrências depressivas;

- número de episódios afetivos da vida.